Buscar
  • Douglas Menin

UX problems e Netflix

Tudo começou porque eu precisava compartilhar a lista de filmes que gostei da Netflix com uma amiga. Se você chegou até aqui e pensou “Nossa, tem jeito?!“, sinto te desapontar mas o único jeito que encontrei foi esse e é muito trabalhoso. Não sou especialista em User Experience (experiência de usuário), mas sei reconhecer quando algo está errado. Netflix você será minha primeira vítima.

A Netflix costumava possuir um sistema bem claro e eficiente de avaliações. Você podia classificar com estrelas e ainda deixar um comentário a respeito do filme/série. O que era bastante útil mas acabava limitando muito o leque de filmes considerados bons pela maioria dos usuários, podendo esconder filmes bons que você, com seu gosto peculiar, poderia gostar (I got it, ok?!).

O problema começou quando a Netflix pensou que conseguiria prever a relevância de uma obra de acordo com o que assisti ou dei Like/Unlike. Faltam critérios, meus queridos! Já cansei de dar unlike em filme porque o fim foi inconclusivo, por exemplo. Agora, para que o tão querido like aconteça, tudo precisa estar perfeito. Vamos refletir: se você baliza a relevância de cada obra do seu catálogo de filmes com um nível tão alto de expectativa de um usuário, você acaba criando frustração indicando vários filmes que passam longe daquele ideal.

A solução? Que tal um algoritmo mais elaborado, questões a respeito de atuação, efeitos especiais, desenvolvimento de roteiro etc? Usuários achariam isso chato e ninguém avaliaria os filmes? Conheço muita gente que detesta a famosa procura incansável de títulos na Netflix e há quem fique mais tempo procurando do que assistindo algo, e isso cansa. Se algum serviço de streaming possuir uma busca mais rebuscada para usuários mais exigentes, com uma boa qualidade de títulos disponíveis e por um preço similar, é questão de tempo até que todos migremos para outra plataforma.

Mas, e agora?! Se você está se perguntando “ok, eles possuem problemas, mas, como compartilho a lista de filmes que curti?” A resposta é: você vai ter trabalho.

Disponibilizo abaixo a lista dos meus filmes e minhas avaliações pra você que precisa de sugestões. Não que eu seja um expert ou seja um crítico de cinema, MAS, sou bastante chato quando se trata de filmes, especialmente os de terror. Meu ponto fraco: posso gostar de comédias idiotas com mais facilidade do que a maioria haha. Lembrem-se que alguns filmes podem ter sido excluídos do catálogo porque estavam lá por tempo limitado.

Agora sim, um tutorialzinho do que fiz. Você irá precisar de um editor de imagem (sem ponta), e muita paciência:

  1. Instale a extensão Awesome Screenshot no Google Chrome

  2. Faça o login da Netflix no seu navegador

  3. Clique na sua foto do lado direito superior

  4. Clique em Conta

  5. Clique em “O que foi assistido”

  6. Clique em Classificação

  7. Clique em mostrar mais no fim da lista até que todos os filmes constem lá

  8. Inicie a extensão Awesome Screenshot e salve a imagem da página completa

  9. Abra a imagem no seu editor de imagem e fatie a imagem para que possa compartilhá-las em um tamanho que ainda sim será legível ao enviar pelo WhatsApp ou Facebook, por exemplo.

  10. OPCIONAL: Eu ainda encolhi as colunas para mostrar a classificação mais próxima ao nome do filme, apliquei um Blend Mode “Multiply” para que alguns nomes de filmes mais extensos fossem legíveis até um certo ponto. Alguns ficaram cortados mas isso não impossibilita sua busca. Imagens mais esguias são mais legíveis em dispositivos móveis.

PROBLEMAS:

  • Esse método não exclui filmes ruins que assistiu

  • Não possui link direto para a obra, então seja lá quem for receber essa lista, terá que procurar na Netflix pelo nome

  • A lista não exibe gênero ou classificação então verifique isso antes de assitir!

Espero que esta lista lhe poupe alguns 30 minutos de escolha












1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ENTRE EM

CONTATO

whatsapp_branco_whatsapp.png

AGENDE 

UMA VÍDEO CALL

Segunda - Sexta 9h - 18h

 

ENVIE UM

EMAIL